Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

VELHO GATO SÁBIO

Os gatos são uma fonte inesgotável de conversa para quem, como eu, há muito se rendeu completamente à sua sublime beleza e ancestal sabedoria...

VELHO GATO SÁBIO

Os gatos são uma fonte inesgotável de conversa para quem, como eu, há muito se rendeu completamente à sua sublime beleza e ancestal sabedoria...

Mensagem de abertura

Caríssimos amigos, deixem aqui os vossos comentários, enviem "coisas de gatos" para o nosso e-mail: velhogatosabio@gmail.com e espreitem a página VGS no Facebook: Isabel Santos Brás (Velho Gato Sábio). Obrigada.

Citação sobre gatos em destaque

“Amo os gatos porque amo a minha casa e, a pouco e pouco, eles tornam-se a alma visivel.” Jean Cocteau

Brincalhões estes gatos!

 

ilvi_2.jpg

 

Que os gatos adoram brincar, já todos reparámos certamente. Quem é que nunca se divertiu a observar os nossos amiguinhos aos saltos e aos pinotes, ou em delirantes correrias atrás de um cordel atado a uma velha meia? Ou então, as piruetas incríveis que dão somente para fazer rolar uma simples “bolinha” de papel amassado. Quando ainda gatinhos, que engraçados são ao tentarem colocar-se em posição erecta para capturar com as patitas, os brinquedos que lhe comprámos ou confeccionamos com tanto amor!

O que poderemos não pensar é que os jogos e as brincadeiras são fundamentais para o desenvolvimento da habilidade felina que tanto admiramos. De facto, os gatitos ao brincarem com a mãe e os irmãozinhos, ou com os seus humanos, desenvolvem as suas capacidades físicas e intelectuais. Aprendem igualmente a caçar e a apurar o seu instinto. Enquanto gatos adultos, os jogos e brincadeiras mantêm o seu equilíbrio físico e psicológico, e na velhice preservam-nos de algumas vicissitudes da idade.

Sobretudo no caso dos gatos que passam todo o tempo em casa, é essencial dedicarmos algum tempo diário a brincar com eles. E quando temos de sair e deixá-los sozinhos em casa? O ideal seria ter dois gatos, ou um gato e um cão, para fazerem companhia um ao outro e brincarem juntos. Caso contrário, disponibilizemos-lhes brinquedos em suficiência para evitar que se aborreçam e acabem mesmo por ficar deprimidos. Oh sim, os gatos também podem sofrer de depressão! Algumas raças são mais sensíveis do que outras, a ausências prolongadas dos humanos e à solidão. Mas todos os gatos se aborrecem se estiverem sozinhos muito tempo sem nada para fazer. Por isso recomenda-se vivamente: estimulem as brincadeiras dos vossos amados felinos e brinquem, brinquem o mais que puderem com eles. O benefício não será só deles, mas também vosso... acreditem.

 

Texto e imagem de Isabel Brás ©2014

 

 

Companheiros cibernautas gatófilos em destaque este mês:

44 Gatti