Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VELHO GATO SÁBIO

Os gatos são uma fonte inesgotável de conversa para quem, como eu, há muito se rendeu completamente à sua sublime beleza e ancestal sabedoria...

VELHO GATO SÁBIO

Os gatos são uma fonte inesgotável de conversa para quem, como eu, há muito se rendeu completamente à sua sublime beleza e ancestal sabedoria...

Caríssimos amigos gatófilos e demais visitantes

Deixem aqui os vossos comentários, enviem "coisas de gatos" para o nosso e-mail: velhogatosabio@gmail.com e espreitem a página VGS no Facebook: Isabel Santos Brás (Velho Gato Sábio). Obrigada pela vossa visita. Voltem sempre!

Citação sobre gatos em destaque

“Os gatos penetram em cada coisa, incluindo a vossa consciência.” Laura Ingineri

Encontrei um gato e agora?

encontrei um gato.jpg

Nunca é demais recordar como é justo agir quando nos confrontarmos com o problema do abandono ou do desaparecimento de um gato. Poderá muito bem acontecer que quando vamos de férias ou simplesmente percorremos uma estrada, nos deparemos com um gato a vaguear por ali. Que fazemos? Continuamos o nosso caminho impassíveis e indiferentes? Não me parece, sobretudo se vemos que o animal corre o risco de ser investido por um automobilista menos atento. Nesse caso, é preciso tomar medidas e respeitar algumas regras para colocar a salvo o peludinho.

 

Iremos de imediato perceber se se trata de um gato abandonado ou desaparecido pelo seu comportamento. Geralmente está assustado, confuso, movimentando-se ao acaso sem mostrar um destino evidente. Primeiro que tudo é necessário aproximar-se com muita cautela, procurando ganhar a sua confiança. Por conseguinte, nada de ir ao seu encontro a correr, persegui-lo, fazer movimentos bruscos ou falar em voz alta. Com voz suave tentaremos chamá-lo e, agachados, lentamente aproximamo-nos até conseguir acariciá-lo e conduzi-lo fora da estrada para um local seguro. O ideal é trazer sempre conosco uns snacks para gatos, que poderão facilitar a abordagem atraindo-o com comida. 

 

Ao contrário do que muitas vezes sucede com os cães que podem trazer microship ou uma medalha na coleira com um número de telefone, nos gatos será mais difícil encontrar um sistema identificativo que permita localizar os seus humanos. Deste modo, a menos que estejamos dispostos pessoalmente a adoptar desde logo o gato, podemos contactar uma associação que recolha animais abandonados mais próxima e ajudar a tentar encontrar o(s) humano(s) através da distribuição de avisos com a fotografia do gato pela área onde o patudinho foi encontrado, bem como espalhar a notícia no Facebook e outras redes sociais.

 

Se o bichinho se encontrar ferido por atropelamento ou apresentar lesões por motivos vários, o melhor é chamar as autoridades competentes nomeadamente a GNR e o veterinário municipal ou o responsável pelo canil/gatil municipal daquela área. Se estivermos na zona de Braga podemos chamar o SOS Rescue Animal, um grupo de voluntários que dispõe de uma ambulância animal activa 24 horas por dia e equipada com material de primeiros socorros e suporte vida, e que transportará o animal para uma clínica veterinária.

Companheiros cibernautas gatófilos em destaque este mês:

From San Francisco, CA, USA: CatTime

2 comentários

Comentar post